Samsung Galaxy S4 – O review mais completo

Um review totalmente completo sobre o Samsung Galaxy S4 foi feito por um portal sobre Android nos Estados Unidos e traduzimos para vocês conhecerem a fundo todos os aspectos desse Smartphone.

Samsung Galaxy S4

Apesar do grande número de Smartphones no mercado, no fim, temos os dois gigantes que são a linha Galaxy da Samsung e os iPhones da Apple. O Galaxy S3 chegou no mercado como o rei dos Androids em 2012, vendendo mais de 30 milhões de unidades pelo mundo. A HTC e Motorola sofreram para competir com a Samsung.

Agora chegou a hora do sucessor do Galaxy S3, o Galaxy S4. Como o nome sugere, é familiar e traz alguns incrementos frente ao Galaxy S3.

Samsung Galaxy S4

A lista de funções do Galaxy S4 é surpreendente, trazendo vários novos “truques” além de ser mais rápido e com uma tela maior. O “Air View” pode detectar suas mãos à distância. O tocador de vídeo detecta seus olhos. O browser rola para baixo com movimentos de sua cabeça. Além disso, tudo o que já tínhamos no Galaxy S3 também está no Galaxy S4. Já quanto ao design, software e hardware, é o que esperávamos mesmo.

Podemos esperar com total confiança que nos próximos meses já teremos notícias de dezenas de milhões de Galaxy’s S4 já vendidos. Mas e você, deveria comprar um? É o smartphone certo para você? Aqui você poderá descobrir.
Hardware Externo

A parte frontal do Samsung Galaxy S4 vem com o Corning Gorilla Glass 3. Em questão de hardware externo temos o que é de costume da Samsung, plástico brilhante e pontas arredondadas. Se você está acostumado com a linha da Samsung de 2012, é exatamente o que você esperava.

As semelhanças do Galaxy S4 continuam nos lados e na parte de trás. Do lado direito temos o botão de ligar e do lado esquerdo o de volume, ambos de metal. Os botões são mais firmes ao clicar comparado ao do Galaxy S3.

A curvatura do aparelho faz com que fique confortável na sua mão e ao contrário do que parece ao olharmos para o aparelho pela primeira vez, o seu tamanho é igual ao do Galaxy S3, porém, com uma tela maior. É também muito leve, mais do que o Galaxy S3. É realmente de se bater palmas para a Samsung por ter conseguido colocar tanta coisa num aparelho do mesmo tamanho e mais leve que o Galaxy S3.

Resumindo, apesar da tela maior, hardware e outras coisas, o Galaxy S4 é surpreendentemente confortável de se usar mostrando que não é preciso sacrificar conforto para adicionar uma tela maior.
A Tela

A tela do Galaxy S4 é de 5 polegadas, full HD (1920×1080) SuperAMOLED. Ou seja, você tem uma densidade enorme de pixels (440ppi) deixando o aparelho sem nenhuma distorção nas imagens graças ao arranjamento dos 2 milhões de pixels da tela. A precisão das cores também está melhor se comparado aos SuperAMOLEDs de antes. As cores são brilhantes e o preto, bem preto.

Porém, a tela do Galaxy S4 sofre um pouco na luz do dia se comparado à telas modernas de LCD e IPS. Isso também piora graças a função não bem trabalhada de detectar a luz do dia e se ajustar. (auto-brightness), que não fica tão brilhante quanto deveria. O Galaxy S3 quando foi lançado sofria da mesma coisa porém depois a Samsung arrumou com updates de software. De toda forma é melhor nesse quesito que o Galaxy S3, mas ainda precisa melhor mais.

Além da qualidade da tela, o Galaxy S4 também vem com um modo de alta sensibilidade de toque para ser usando com luvas. Está meio escondido entre os menus, mas está lá, o que você não encontra na grande maioria dos Smartphones.
Hardware interno e performance.

Quanto ao hardware, as coisas ficam um pouco mais complicadas. Esse review é baseado no Galaxy S4 dos Estados Unidos (que também é o mesmo de varias outras versões 4G de outros países. Nessa versão temos um processador Snapdragon 600 rodando a 1.9GHz. Já na versão da Coréia do Sul será ofertado uma versão com processador Exynos 5 Octa. Porém, não esperamos grandes diferenças no desempenho geral entre os dois processadores. As duas versões contam com 2GB de RAM.

Temos 16GB de espaço, mas também teremos versões de 32GB e de 64GB em alguns países  Além disso, o Galaxy S4 conta com uma entrada microSD, o que é raro em Smartphones topo de linha.

O hardware todo do Galaxy S4 deixa o uso geral do aparelho bem rápido na maioria das tarefas. Mas devemos dizer que o HTC One parece ser um pouco mais responsivo em algumas coisas. Por exemplo, no HTC One, praticamente tudo abre instantaneamente, já algumas apps da própria Samsung as vezes demoram um segundo mais ou menos para carregar. Algumas animações do Galaxy S4 não fluem tão perfeitamente sempre. Esperamos que tudo isso melhore em updates futuros.

A câmera é uma de 13 megapixels f/2.2 e BSI (backside illumination). Na parte de software, a Samsung adicionou alguns modos de cenário inspirados no Galaxy Câmera  A combinação do alto número de pixels e o novo software fazem do Galaxy S4 um dos mais versáteis em questão de câmera em Smartphones. Na frente temos uma câmera de 2 megapixels e ambas as câmeras podem gravas vídeos em 1080p.
Software e funções

O Samsung Galaxy S4 roda Android Jelly Bean 4.2.2, com o último TouchWiz Nature UX. É um dos primeiros (tirando os Nexus) que vem rodando Android 4.2. Ou seja, ele já conta com várias funções como widgets na lock screen e “Daydreams”. Além dos últimos updates de segurança e performance.

O TouchWiz conta com todas as funções encontradas no Galaxy S3 como o Multi-window (para dividir a tela em duas e usar duas aplicações de tela cheia ao mesmo tempo).

Sua interface gráfica lembra bastante a do Galaxy S3, grande, colorida e brilhante, fazendo tudo isso ficar um pouco caótico, onde você vai acabar tropeçando em tantas funções e opções. Enquanto a lista de funções e o hardware do Galaxy S4 evoluiu, o seu design do software não. Resumindo, o TouchWiz não é feio, só é bagunçado.

Air View e Air Gesture

o Air View, função bem divulgada para promover o Galaxy S4, permite ao usuário interagir com a tela sem toca-la. Alguns aplicativos já estão prontos para serem usados com o Air View, mas todos (tirando apenas um) são da própria Samsung. A Galeria de Apps deixa você pré-visualizar pastas e imagens apenas passando seu dedo por cima (sem tocar) da tela, por exemplo.

A utilidade do Air View varia de aplicativo para aplicativo, mas na maioria até agora, não é lá grandes coisas.

O Air Gesture é um pouco diferente. Ele suporta uma variedade de movimentos na frente do aparelho. Na galeria ou app de musica você pode ir passando pelas imagens, photos e músicas. Você pode aceitar ou rejeitar chamadas e possivelmente o mais útil de todos é que você pode deixar sua mão planando sobre o celular por alguns instantes que ele vai lhe mostrar suas notificações como mensagens, bateria, a hora, etc.

Smart Scroll

Em alguns aplicativos que vem com o celular, como o browser, é possível rolar para baixo a pagina simplesmente balançando sua cabeça ou o aparelho. Se o ambiente estiver bem iluminado, ele funciona bem, por usar a câmera frontal para capturar seus olhos.

Smart Pause

Usando a câmera frontal, essa função descobre se você está assistindo o vídeo ou não, pausando e dando play de acordo. Também precisa de um ambiente bem iluminado. Ele parece funcionar com qualquer aplicativo que use o playblack nativo de vídeo do Android, incluindo o aplicativo do Youtube.

O Samsung Galaxy S4 vem com muitas (e digo MUITAS) outras funções interessantes, mas falaremos mais delas em postagens futuras para não ficar muito grande.
A Câmera

A Samsung nunca fez grandes anúncios sobre o hardware de suas câmeras  mas sempre conseguiu trazer uma das melhores nos smartphones Android. Com o Galaxy S4 não é diferente, sua câmera funciona muito bem em quase todas as condições.

Na luz do dia, a câmera captura muitos detalhes e deixa o ruído praticamente zerado. As cores são em geral precisas e a fotos são capturadas quase instantaneamente.

O modo panorama foi muito melhorado. Dependendo de quão suave você consegue mover o aparelho de um lado para o outro, o Galaxy S4 consegue produzir panoramas de 50 megapixels ou mais sem sacrificar muito da qualidade comparado a fotos regulares.

O Galaxy S4 não vem com o modo macro em sua câmera mas mesmo assim tira fotos macro muito boas graças à sua contagem de megapixel.

Em luz baixa as fotos tem um pouco mais de ruido e pega um pouco menos de detalhes. O HTC One tira fotos melhores sob essas condições. Porém, o modo noite compensa para algumas dessas fraquezas.

Para ver fotos e vídeos capturados com o Samsung Galaxy S4, clique aqui.

O Galaxy S4 também é um gravador competente, gravando numa resolução de até 1080p com 30 frames por segundo. Apesar de não vir com um estabilizador, a câmera não parece tão sensitiva a movimentos, gravando suavemente em condições adequadas.

Também temos no Galaxy S4 uma grande variedade de aplicativos e funções relacionadas com fotos. Uma das mais faladas é o modo dual-shot que permite você capturar sua própria imagem usando a câmera frontal e ao mesmo tempo usar a câmera normal. Depois disso você pode incluir a foto de sua face em qualquer lugar na foto, podendo por exemplo colocar sua cabeça no corpo de outra pessoas, dando resultados hilários (ou apavorantes).

Acreditamos que o Galaxy S4 acaba sendo o melhor smartphone para tirar fotos no geral. O HTC One ganha em alguns aspectos mas outros levam o Galaxy S4 mais a frente.
A Bateria

Uma bateria 2,600mAh é o que vem no coração do Galaxy S4. É removível permitindo você troca-la. É impressionante ver uma bateria tão potente em algo tão pequeno.

Usando o Galaxy S4 na 3G e 4G, temos uma média de 14 horas de uso normal. Isso foi três horas usando de fato, olhando pelas redes sociais pelo 3G, 4G e WiFi e um uso extensivo da câmera.

o que mais consome a bateria é a grande tela de cinco polegadas, 1080p SuperAMOLED. Tirando isso, não achamos nada consumindo muito ou indevidamente a bateria. Como o brilho da tela pode ser ajustado manualmente, podemos aumentar bastante o tempo de uso do Smartphone. Podemos também limitar o uso do processador, etc.
Conclusão

O Samsung Galaxy S4 foi um aparelho que gostamos bastante de usar enquanto testávamos  Ele pode parecer meio “barato” por usar plastico, mas é ao mesmo tempo rápido, leve, fino, confortável e muito capaz. O Galaxy S4 não é o melhor em tudo que ele faz mas é bem solido no geral e tem mais funções do que a maioria dos usuários jamais saberão que existem. Ele vem com uma grande força de processamento e tem a tela AMOLED mais bonita de se olhar que já vimos.

Se você está procurando por um celular Android que se sai bem no geral e possui todas as funções que você poderia imaginar, o Galaxy S4 é para você. É claro para nós que a Samsung mais adicionou funções e melhorou hardware do que arrumou problemas que já tínhamos no passado. Para alguns isso não é um problema, para outros, sim.